Missionários Da Luz
Missionários da Luz
Pergunte-me Doutrina Espírita Frases Diversas
Início Quem sou eu Grupo de Estudos
Vivemos pelo que acreditamos. Nosso limite está nisso. Portanto, se cremos no que ilimitado é, sem limites viveremos.
Theme por abolidor ©
1 2 3 »
1 2 3 »

amigos-espirituais:

COLÔNIAS DO BEM

Enquanto desencarnados, muitos espíritos vivem nas chamadas colônias espirituais. Estruturalmente parecidas com as cidades do plano físico, as colônias são espécies de comunidades que se reúniem em prol de uma causa em comum.

Muitas vezes, essas colônias estão ligadas a cidades específicas da Terra – por exemplo, existe uma colônia conectada à cidade de São Paulo, uma relacionada a Recife, outra ligada a Nova York etc. O mais importante sobre as colônias espirituais, no entanto, é que elas geralmente reúnem moradores com semelhança de pensamento. Assim, existem colônias para amantes da poesia, defensores da ecologia, profissionais da música, pesquisadores de novas tecnologias, estudiosos do kardecistmo etc. Isso para citar só alguns exemplos.

As colônias também são uma forma de evitar um choque ainda maior com mudanças, pois, se alguém só fala em português, não pode cair em uma colônia de americanos ou chineses, por exemplo, pois, por um bom tempo, ainda precisará se comunicar da forma com a qual estava acostumado.


1 2 3 »

juventudeespirita:

É bela e santa a vossa Doutrina. O primeiro marco está plantado e plantado solidamente. Agora, só tendes que caminhar. A estrada que vos está aberta é grande e majestosa. Feliz daquele que chegar ao porto; quanto mais prosélitos houver feito, tanto mais lhe será contado. Mas, para isso, cumpre não abraçar friamente a Doutrina; é preciso fazê-lo com ardor e esse ardor será duplicado, porquanto Deus está convosco, sempre que fazeis o bem.

(O Livro dos Espíritos)

1 2 3 »
1 2 3 »
A sabedoria tende a provocar discórdia, mas a ignorância é quase sempre unânime.
Peripatético via Mensagem Espírita. (via insomnianight)

1 2 3 »

amigos-espirituais:

O TRABALHO DAS EQUIPES SOCORRISTAS NO UMBRAL 

Quando uma equipe socorrista parte em auxílio a algum espírito, é porque este já se encontra em condições de ser ajudado e já permite algum tipo de ligação psíquica de ordem superior pois, do contrário, não haveria possibilidades dele ser socorrido.
A mesma impossibilidade de afinização vibratória impede que os espíritos inferiores sequer se dêem conta da presença de entidades superiores, que dirá um ataque às mesmas.
Também temos que nos lembrar que as descrições do umbral, apesar de retratarem um local físico específico, são apenas metáforas literárias. O umbral é um estado de espírito, como o céu e o inferno, no linguajar de outras religiões, também o são.
Muitas vezes os espíritos que “estão no umbral’, são justamente aqueles que estão tão profundamente mergulhados em suas próprias fantasias que não têm a menor percepção do que ocorre à sua volta.
Outros, em melhor estado, ainda podem interagir entre si e acabam por se agrupar, como é natural a todo ser humano, formando bandos que perambulam próximos (vibratoriamente falando) do plano físico, já que não têm condições de perceberem ambientes mais evoluídos.
É ao conjunto desses espíritos com suas idéias e formações mentais que damos o nome de umbral, e não a um local particular. 

Autoria: 
Márcia R. Farbelow e Hugo Puertas de Araújo


1 2 3 »

ofimdaescuridao:

Ainda quando não reconheças, de pronto, semelhante verdade, eles te vêem e te escutam! Quanto possível, seguem-te os passos compartilhando-te problemas e aflições!
Compadece-te dos que te precederam na Grande Renovação!
Aqueles que viste partir de mãos desfalecentes nas tuas, doando-te os derradeiros pensamentos terrestres, através dos olhos fitos nos teus, não estão mortos.
Entraram em novas dimensões de existência, mas prosseguem de coração vinculado ao teu coração.
Assinalam-te o afeto e agradecem-te a lembrança, no entanto, quase sempre se escoram em tua fé, buscando em ti a força precisa para a restauração espiritual que demandam.
Muitos deles, ainda inadaptados à vida diferente que são compelidos a facear, pedem serenidade em tua coragem e apoio em teu amor. Outros, muitos, jazem mergulhados na bruma da saudade, detidos na sede de reencontro, ante as requisições continuadas dos teus pensamentos de angústia. Outros muitos seguem-te ainda.
Aqueles que se despediram de ti, depois de longa existência, abençoando-te a vida; os que amaste, indicando-lhes o caminho para as esferas superiores; os que levantaste para a luz da esperança e aqueles outros que socorreste um dia, com o ósculo da amizade e da beneficência… Todos te agradecem, estendendo-te os braços no sentido de te auxiliar a transpor as estradas que ainda te cabem percorrer.
Auxilia aos entes queridos na Espiritualidade, a fim de que te possam auxiliar!

pelo Espírito Emmanuel
do livro “Caminhos de Volta”
psicografia de Chico Xavier.


1 2 3 »
1 2 3 »
1 2 3 »
1 2 3 »
1 2 3 »
1 2 3 »
1 2 3 »
1 2 3 »